Skip to content

Como a reestruturação financeira pode afetar a sustentabilidade do seu negócio?

A reestruturação financeira é uma estratégia muito efetiva para aumentar a sustentabilidade e melhorar o funcionamento de sua empresa.

A reestruturação financeira é uma estratégia muito efetiva para aumentar a sustentabilidade e melhorar o funcionamento de sua empresa.

Afinal, que empreendedor nunca passou por desafios durante sua jornada empresarial?

São diversas as possibilidades, ocorrências estas que podem atingir sua empresa, tornando sua sustentabilidade mais custosa.

É por isso que a reestruturação financeira funciona tão bem dentro destes cenários desafiadores: está estratégia te permite ter maior clareza e projeção do futuro.

Além disso, a reestruturação financeira te proporciona melhorias na tomada de decisão, ao forçar o empreendedor a prever quais momentos difíceis sua empresa eventualmente passará.

Ficou interessado nesse processo financeiro milagroso? Leia o artigo até o final que eu te conto mais sobre ele.

Também te aconselho a seguir a RCS nas redes sociais (Facebook, Instagram e LinkedIn) e ficar de olho aqui no nosso blog.

Toda semana temos conteúdo de qualidade pra você entender mais sobre a contabilidade empresarial e finanças. Aposto que você não vai querer perder um artigo.

Reestruturação financeira: por que e quando eu devo fazer esse processo?

Durante a jornada empresarial, diversas ocorrências acabam afetando negativamente o funcionamento e a sustentabilidade da empresa.

Estes são os momentos mais viáveis para realizar a reestruturação financeira.

Isso porque reestruturar as finanças do seu negócio pode aumentar as chances dele se manter em funcionamento nesses períodos difíceis.

Além disso, com a redução de custos, a análise de dados, do fluxo de caixa, prever situações desafiadoras e a criação de estratégias para superá-las garante a você maior clareza e projeção de futuro a curto, médio e longo prazo.

Desta forma, você poderá aumentar o valor de mercado de sua empresa.

Que tal aprender os passos básicos da reestruturação financeira? Confira-os a seguir!

Entenda o contexto atual da sua empresa

O primeiro passo para uma reestruturação financeira efetiva é entender como seu negocio se encontra, independente da situação.

Para isso, você precisa realizar um diagnóstico empresarial, que contabiliza:

  • ativos e passivos da empresa;
  • a forma como sua empresa precifica produtos, mercadorias e serviços que ela oferece; e
  • contratos com fornecedores.

Avaliando os processos essenciais para o funcionamento efetivo da empresa, você consegue seguir para a elaboração do diagnóstico empresarial.

Com ele, você entenderá como o capital influencia o fluxo de caixa, além de entender a capacidade de geração de capital, assim como permite a criação de estratégias para melhorar o funcionamento empresarial.

Avalie o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma informação relevante para a reestruturação financeira da empresa.

Isso porque analisar essas movimentações te permite ter uma projeção a curto prazo do seu negócio.

Para isso, é preciso avaliar as previsões de entrada e saída de dinheiro dentro de um período de 6 a 12 meses.

Organizando assertivamente estes dados e movimentações, você saberá se o investimento pretendido é viável atualmente ou se é mais válido esperar melhores condições financeiras, entre outras.

Além disso, a organização do fluxo de caixa completa o diagnóstico empresarial, auxiliando em seu processo de reestruturação financeira.

Gerencie o dinheiro em caixa no curto prazo

Durante o processo de reestruturação financeira, a gestão do dinheiro disponível deve receber atenção especial.

A partir deste planejamento de gestão, sua empresa viabiliza a reestruturação financeira e garante seu funcionamento de forma efetiva, mesmo em momentos de dificuldade.

Isso porque a gestão do dinheiro disponível no caixa inclui avaliar os ciclos operacionais e de caixa, que são, respectivamente, períodos referentes ao início do processo produtivo empresarial e após a disponibilização de mercadorias para a venda.

Para realizar este passo da reestruturação financeira da empresa, você precisará usar o teste de viabilidade, que considera diversos cenários, a fim de identificar quais as necessidades da sua empresa.

Entenda os riscos de sua empresa ir à falência

Por mais estranho que possa parecer, prever os riscos de falência de sua empresa e os cenários desafiadores que ela precisará passar eventualmente te auxilia a reestruturar suas finanças.

Ao entender como, quando e por que sua empresa pode ir a falência te deixa a um passo a frente para resolver certos problemas.

O próprio teste de viabilidade indica situações nas quais sua empresa estaria encurralada, correndo risco de vida.

Estas etapas da reestruturação financeira são pontos importantes, que devem receber grande atenção.

Assim, você vai garantir visão, clareza e facilitar a tomada de decisões, a fim de impulsionar o funcionamento empresarial.

Reduzir custos é essencial

Como reestruturar as finanças de sua empresa sem reduzir efetivamente custos desnecessários?

Para a reestruturação financeira garantir a saúde de seu negócio em momentos difíceis, você precisa entender quais custos podem ser reduzidos.

Claro, esse processo deve ser assertivo, garantindo uma escolha inteligente no corte de custos.

Para isso, evite reduzir custos que impactam diretamente na qualidade do seu produto, tendo em mente que isso pode reduzir a qualidade de seus serviços e o seu retorno de capital.

Sua empresa está preparada para atuar no mercado?

Entender a viabilidade do seu negócio é de extrema importância para realizar uma reestruturação financeira.

De nada adianta criar novas estratégias e meios de funcionamento se a sua empresa, seus produtos e serviços não são relevantes para o mercado.

Por isso, viabilize o seu negócio dentro do cenário atual, entenda como você pode fazer a diferença e tenha em mente o que pode dar errado ao longo do caminho.

De acordo com o desempenho da empresa e suas projeções de entradas e saídas, o risco de viabilidade do seu negócio te permite entender as diferentes possibilidades e as alternativas disponíveis, de forma realista.

Avalie também os seguintes aspectos:

  • as fontes de entrada de capital e alternativas para manter ou aumentar a lucratividade da sua empresa;
  • identificar como seus recursos saem do caixa e procurar formas de reduzir custos, visando um equilíbrio entre os dois aspectos – custos realizados e recursos disponíveis; e
  • a existência de processos que geram custos excessivos.

Tendo todo esse conteúdo em mente, a elaboração da estruturação financeira fica mais fácil de ser executada, seguindo todos os passos descritos.

Outro ponto importante que você deveria se atentar: contratar uma assessoria contábil e financeira pode ser de grande valia para a saúde do seu negócio.

A RCS Assessoria Contábil entrega serviços específicos, a fim de te proporcionar maior tranquilidade e assertividade no diagnóstico empresarial.

Conosco, você garante um controle financeiro assertivo para sua empresa.

Além disso, oferecemos diversos serviços que podem ser necessários para você em algum momento da sua jornada empresarial.

Esse é nosso objetivo como empresa: proporcionar alto desempenho aos nossos clientes parceiros e garantir o sucesso do seu negócio ao longo do caminho, independente de quaisquer desafios que possamos enfrentar.

Entre em contato com a gente! Estamos prontos para atendê-lo.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.