Skip to content

Como criar uma sociedade empresarial e quais são as vantagens deste tipo de negócio?

Como criar uma sociedade empresarial e quais são as vantagens deste tipo de negócio?

A sociedade empresarial é um tipo de negócio muito relevante no mercado empresarial. Por qual motivo?

São diversas as vantagens de criar uma sociedade empresarial como grande vantagem competitiva e dispor de múltiplas habilidades.

Além de ser classificada em tipos diferentes, algumas medidas e ações são importantes para torná-la realmente eficiente no mundo dos negócios?

Ficou curioso? Então, leia o artigo até o final, pois te dou passos para construir sua sociedade e explico mais sobre os tipos de sociedade empresarial.

Também te recomendo nosso blog, atualizado toda semana com um artigo.

Você não quer perder a chance de ficar bem informado e descobrir algumas das melhores maneiras de gerir sua empresa, certo?!

Sociedade empresarial: um empreendedorismo benéfico e mais viável

A sociedade empresarial é composta por diferentes empresários, cujo objetivo seja realizar uma atividade econômica.

Assim, será possível criar uma circulação de bens e/ou serviços com a produção destes, gerando lucro.

Cada sócio disponibiliza uma habilidade diferente e recebem uma parte do lucro empresarial.

Desse modo, a sociedade empresarial tem seu planejamento, ação no mercado, e outras diversas ações estratégicas realizadas de forma eficiente.

Tipos de sociedade empresarial

A sociedade empresarial está classificada em diferentes tipos, cada uma com suas regras e características no que diz respeito à sua composição.

Abaixo, descrevo cada uma delas.

  1. Simples

Denominada também como sociedade civil, a sociedade simples está ligada unicamente a empresas que prestam algum tipo de serviço.

  1. Limitada (LTDA)

A sociedade limitada deve cumprir algumas regras para ser qualificada, como:

  • caso sua gestão seja desempenhada por um grupo de sócios, este aspecto deve ser descrito no Contrato Social;
  • deve-se eleger, através de um sistema de votação, um sócio encarregado da representação legal da sociedade;
  • dois ou mais sócios; e
  • os sócios têm sua parcela como consequência de sua posse do capital social da empresa.
  1. Anônima (S/A)

A sociedade anônima é definida por ações e possui maior maturidade no mercado empresarial.

Para se qualificar como tal, deve ser composta por 7 acionistas, que, de acordo com suas ações no negócio, terão responsabilidades e direitos dentro do meio empresarial.

  1. Em nome coletivo

Com base nas descrições do Contrato Social, cada sócio desta modalidade se encarrega de responsabilidades fiscais e financeiras.

É possível descrever e delimitar exatamente estas responsabilidades no Contrato Social, documento que oficializa a criação da sociedade.

  1. Comandita simples

A partir do Contrato Social, os sócios são catalogados como:

  • comanditados: nos quais são responsáveis por encargos fiscais; e
  • comunitários: que são sócios encarregados de sua parcela na sociedade, apenas.
  1. Comandita por ações

A sociedade Comandita por ações tem sua operação por firmas ou denominações e seu capital dividido por ações.

Ao formar a sociedade, um ou mais diretores são nomeados, nos quais são responsáveis pelas obrigações sociais da empresa.

  1. Cooperativa

A Sociedade Cooperativa é composta por, no mínimo, 20 pessoas, tendo duas formas de estabelecer suas responsabilidades. São elas:

  • limitada: neste modelo, cada um dos sócios se responsabiliza por sua parcela da empresa; e
  • ilimitada: os sócios são responsáveis pelos encargos sociais da empresa.

Quais as vantagens da sociedade empresarial?

São diversas as classificações e também os benefícios da sociedade empresarial.

Por sua composição diversificada e numerosa, mesmo que por dois sócios, ela se beneficia de cada característica dos sócios.

Com cada peculiaridade, o negócio tem maior potencial para atingir resultados positivos e proporciona a divisão de tarefas, benéfico para a produtividade.

Além disso, a sociedade empresarial promove:

  • uma gestão eficiente;
  • facilidade de crescimento e visibilidade mercadológica;
  • mais vantagem competitiva;
  • viabilidade de investimentos, mesmo quando um ou mais sócios não possuem capital suficiente.

Como criar uma sociedade empresarial?

Agora que você já está por dentro das informações mais relevantes sobre a sociedade empresarial, vamos aos passos para estabelecer a sua própria sociedade.

Mas antes disso, quer manter um contato conosco? Nas nossas redes sociais, você consegue ver notícias, recomendações dos nossos clientes e muito mais.

Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn. Faça-nos uma visita!

  1. Estabeleça metas em comum e crie o Contrato Social

Para oficializar a formação da sociedade, é preciso criar o Contrato Social, documento que descreve todos os dados sobre a empresa, seu capital inicial, o dever de cada um dos sócios, e muito mais.

Mas antes disso, alinhe os objetivos com seus sócios, para criar um plano estratégico eficiente e com mais segurança.

Além disso, é recomendado ter o auxílio de um contador de confiança para redigir o Contrato Social e criá-lo de forma assertiva.

É também muito importante revisar este documento periodicamente, sempre que ocorrer alguma mudança ou até mesmo ao longo do crescimento da empresa.

Com a RCS Assessoria Contábil, você garante um gerenciamento contábil assertivo. Que tal fazer um orçamento?

  1. Defina o direito de cada sócio

Caso sua sociedade vá à falência, como será definida a parcela de cada sócio?

Definir o direito de cada sócio sob a empresa é importantíssimo para isso.

  1. Registre a sua empresa

As sociedades empresariais podem ser registradas no Registro Civil de Pessoas Jurídicas ou na Junta Comercial, de acordo com suas atividades econômicas e empresariais.

Imagem por freepik.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.