Os primeiros meses do ano são marcados pela declaração do Imposto de Renda. Ano após ano, milhares de pessoas são obrigadas a declarar os seus ganhos à Receita Federal.

No entanto, de acordo com a própria Receita Federal, um número muito alto de contribuintes acaba não declarando os seus ganhos. Neste caso, quais são os riscos?

Você poderá entender por meio da leitura deste conteúdo que a atrasos e até mesmo a não entrega da declaração do Imposto de Renda pode acarretar em alguns prejuízos.

Sendo assim, se você deseja compreender quais são os riscos encontrados, acompanhe conosco! Leia até o final e descubra tudo sobre o Imposto de Renda 2022!

Mas afinal, o que é o Imposto de Renda?

Sem sombra de dúvidas, o Imposto de Renda é o tributo mais conhecido em todo o país. Se você ainda não declarou, com certeza deve conhecer alguém que já declarou os seus ganhos à Receita Federal.

O Imposto de Renda é um tributo federal que incide sobre os recebimentos de uma pessoa. Ou seja, estamos falando de todos os ganhos obtidos dentro de um ano.

De modo geral, a Receita Federal avalia tudo o que ela cobrou de você por meio de impostos. Assim, é possível identificar o que você realmente precisa pagar, de acordo com os seus ganhos.

Qual é o prazo do Imposto de Renda?

O prazo para o contribuinte entregar a declaração do Imposto de Renda começou no dia 7 de março e vai até o dia 31 de maio. Inclusive, essa é uma mudança para o ano de 2022.

Isso porque, na maioria das vezes, o prazo para a declaração se encerra no final de abril.

Deste modo, é muito importante que o contribuinte não deixe para declarar o Imposto de Renda de última hora. O foco é evitar contratempos, que possam acarretar em atrasos.

Quem deve declarar o Imposto de Renda?

Uma das principais dúvidas que cercam a declaração do Imposto de Renda é quem está sujeito à sua obrigatoriedade. Neste momento, é importante entender o que diz a Receita Federal.

Anualmente, existem algumas regras que determinam quais pessoas devem enviar a declaração. Se você não sabe quais são elas, confira conosco e tire as suas dúvidas:

● Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;

● Pessoas que receberam rendimentos não tributáveis ou que são tributados de forma exclusiva na fonte, com valores superiores a R$ 40 mil;

● Quem, por meio de atividade rural, obteve receita bruta superior a R$ 142.798,50;

● Quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganhos de capital na alienação de bens ou direitos, que são sujeitos à incidência do imposto, ou que realizaram investimentos na bolsa de valores;

● Quem teve, até 31 de dezembro de 2021, posse ou propriedade de bens ou direitos superiores a R$ 300 mil;

● Pessoas que passaram a residir no Brasil ao longo de 2021;

● Quem optou pela isenção do Imposto sobre a Renda incidente sobre o ganho de capital auferido em operações de venda de imóveis residenciais.

Agora que você já sabe quem deve ou não declarar o Imposto de Renda, que tal descobrir também o porquê você não pode, de forma alguma, atrasar ou não entregar a declaração?

E se eu entregar a declaração fora do prazo?

Um erro muito comum, cometido por milhares de brasileiros, é deixar para declarar o Imposto de Renda somente nos últimos dias. Com isso, eles correm o risco de encontrar algum contratempo e atrasar a entrega.

É importante entender que quem não cumprir o prazo estabelecido pela Receita Federal terá que pagar uma multa que diz respeito a 1% do valor do imposto que é devido.

Dessa forma, a multa, que tem valor mínimo de R$ 165,74, pode chegar a até 20% do imposto devido. Ou seja, você poderá ter que arcar com um valor muito alto ao atrasar a entrega.

E se eu não declarar o Imposto de Renda? O que acontece?

Você sabia que, ao não declarar o Imposto de Renda, você passa a ser considerado um sonegador de impostos?

Pois bem, a partir deste momento, você poderá ter que lidar com uma série de consequências, que passam pela aplicação de multas e até mesmo outras penalidades.

Em alguns casos, o contribuinte que não entregou a declaração do Imposto de Renda poderá ser acusado de sonegação fiscal, crime no qual pode gerar até cinco anos de prisão.

Portanto, para evitar correr tais riscos, nada melhor do que declarar os seus ganhos no prazo correto, não é mesmo?

Conte com uma contabilidade de sua confiança!

Agora você já sabe não somente o que é o Imposto de Renda, como também qual é o prazo de entrega e o porquê é importante entregar a declaração dentro do prazo correto.

Inclusive, para não correr nenhum risco, conte com uma contabilidade de sua confiança! Afinal de contas, estamos falando de profissionais especializados no assunto!

Caso queira conhecer mais sobre os serviços da RSIM Contabilidade e Finanças, entre em contato conosco e vamos bater um papo! Esperamos te ajudar no que for preciso!

Até a próxima!

Imagem:

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.