Empreender vem se tornando uma saída viável para boa parte dos brasileiros. No entanto, muitos não sabem quais são os passos para dar início à um negócio próprio. E você? Sabe como abrir uma empresa em Belo Horizonte?

De acordo com dados levantados pelo Boletim do Mapa de Empresas, divulgado pelo Ministério da Economia, foram mais de 4 milhões de empresas abertas ao longo do ano de 2021.

Sendo assim, se você se enquadra no contexto de empreendedores que não sabem quais são as etapas e burocracias que acompanham a abertura de um negócio, não precisa se preocupar!

Afinal de contas, preparamos um conteúdo completo sobre o assunto, que servirá como um guia para quem deseja abrir uma empresa em Belo Horizonte, independentemente do ramo de atuação.

O primeiro passo: conte com um contador!

O contador é uma peça fundamental no processo de abertura de uma empresa. Isso porque, ele é o profissional com conhecimento técnico e especializado para garantir que tudo aconteça dentro da lei.

Desta forma, uma empresa poderá ser aberta de forma legal e se manter 100% regularizada ao longo do seu funcionamento. Logo, não será preciso se preocupar com problemas com o Fisco.

Ter o suporte de uma contabilidade é essencial, uma vez que o empreendedor pode focar no core business do seu negócio, economizando não somente tempo, como também dinheiro.

Portanto, independentemente se você deseja abrir uma empresa desenvolvedora de sistemas ou de transporte de pessoas, não deixe de ter o suporte especializado de um bom serviço de contabilidade.

Vale a pena abrir uma empresa em Belo Horizonte?

De acordo com dados fornecidos pelo IBGE, a cidade de Belo Horizonte é a quarta maior economia do país. Além disso, ela também conta com um dos maiores IDHM (índice de Desenvolvimento Humano Municipal).

Isso significa que, se você está pensando em abrir uma empresa, o primeiro passo é se planejar. Afinal de contas, será possível encontrar um terreno fértil para o nascimento de novos negócios.

Quais os passos para abrir uma empresa em Belo Horizonte?

São várias as burocracias envolvidas na abertura de uma empresa e, hoje, o nosso intuito é falar mais sobre elas. Com isso, será preciso contar com o suporte de um contador de sua confiança.

Isso porque, por falta de conhecimento técnico e especializado, muitos empreendedores podem acabar postergando o sonho de abrir a própria empresa. Mas, com o apoio da RSIM, este não será o seu caso.

Sendo assim, acompanhe conosco quais são as burocracias que você terá que enfrentar para abrir uma empresa em Belo Horizonte:

1. Consulta Prévia de Viabilidade

Para abrir uma empresa, será preciso passar pela consulta prévia. A etapa consiste em fazer uma consulta no site da Prefeitura de Belo Horizonte sobre a viabilidade acerca da abertura da sua empresa.

Você pode não saber, mas existem alguns locais nos quais determinadas atividades não podem ser exercidas.

Além disso, no processo de consulta prévia de viabilidade também será feita a consulta referente ao nome da empresa. Caso tudo esteja de acordo com o seu plano de negócios, chegou o momento de seguir para o próximo passo.

As duas consultas, locacional e de nome, podem ser feitas juntas na Junta Comercial – Jucemg.

2. Passar pela Receita Federal

Assim que você tiver o documento referente à viabilidade em mãos, é a hora de fazer o registro da sua empresa, que será feito em diferentes órgãos, nos quais os sistemas se encontram integrados.

Após finalizar esta etapa, você receberá o DBE (Documento Básico de Entrada do CNPJ). Este documento é de suma importância, principalmente se você, em algum momento, precisar alterar alguma informação no cadastro.

3. Indo para a Jucemg

O próximo passo para abrir uma empresa em Belo Horizonte é obter o famoso Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). A emissão é feita pela Receita Federal mas através da Jucemg.

Quando falamos no CNPJ, estamos nos referindo ao número de identidade de uma empresa. Ela permite, por exemplo, emitir notas fiscais e, consequentemente, contratar serviços.

4. Registro Estadual e Municipal

Na Jucemg também será obtido, juntamente com o CNPJ, o Registro Estadual e o Municipal, que viabiliza o pagamento de tributos municipais. Todo o processo é feito de forma online, evitando assim o deslocamento.

Em todo o processo o contador estará ao seu lado, ajudando a concluir cada uma das etapas com êxito.

5. Alvará e Licenciamento

Quanto ao Alvará, será necessário ir para o Portal da Prefeitura de BH para oficializar o pedido.

Havendo a necessidade já prevista na Viabilidade, para finalizar o registro de uma empresa em Belo Horizonte, obtendo-se o alvará de funcionamento, também é necessário passar pela etapa do licenciamento ambiental e/ou sanitário.

Aqui, será feita a análise referente ao funcionamento da empresa, o que inclui averiguar se ela está cumprindo todas as regras de segurança sanitária, prevenção contra incêndios, entre outros.

Sendo assim, para encontrar todas as licenças necessárias para o funcionamento da sua empresa, é possível acessar o site da Prefeitura de Belo Horizonte e tirar todas as suas dúvidas, mas este processo é iniciado também na Jucemg.

Agora que você já sabe como registrar a sua empresa, chegou o momento de entrar em contato com a RSIM! Contamos com profissionais capacitados para te atender da melhor forma possível!

Alguma dúvida? Não deixe de compartilhar conosco nos comentários!

Imagem:

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.